Smallville VIII – Review –  Bride

Smallville

Episódio: Bride (10/22)
Temporada: 5
Primeira transmissão nos EUA: 20 de Novembro de 2008

Se tiverem lido a crítica da semana passada, com certeza recordarão que, em considerações finais, afirmei que Abyss tinha sido um dos mais ambiciosos episódios de Smallville até à data.

Depois de ver Bride, ninguém mais recordará essa afirmação; estamos perante a pérola da temporada – um episódio excitante, estupendamente dirigido e interpretado.

O que é mais impressionante é que, mesmo depois de tudo o que se passou a semana passada, foi apenas a “calma” antes da tempestade; porque a tormenta, essa começa realmente aqui, trovejando e uivando ao mais alto som. Aqui, em Bride!

Os primeiros minutos “Cloverfieldescos” fazem antever um episódio daqueles que chegamos ao final já sem unhas para roer. Alguém filma todos os passos do grande dia: organização da festa, mensagens para os noivos, a cerimónia… e a chegada de algo misterioso que abala a festa por completo e nos faz recear pelos recém casados. Cada qual a seu tempo, recuemos 8 horas.

O dia pertence a Chloe (Allison Mack) e Jimmy (Aaron Ashmore), o grande dia, o dia das grandes mudanças, dos grandes (impensáveis) acontecimentos.

O casamento tem lugar na fazenda de Clark (Tom Welling) e é organizado pela sempre enérgica e despachada Lois Lane (Erica Durance) que tem cimentado o seu lugar como uma das minhas personagens favoritas. A sua cena com Jimmy durante os preparativos do casamento tem tanto de reveladora – um Jimmy muito perspicaz faz Lois praticamente admitir gostar de Clark – como de engraçada, com as habituais afiadas “bocas” da jornalista como mecanismo de defesa. Sublime!

Oliver desconfia que Lex está vivo

Anda tudo em alvoroço com os afazeres pré-casamento e Oliver (Justin Hartley) chega à fazenda para, e considerando os acontecimentos cronologicamente, largar a primeira bomba do dia: Lex parece estar de facto vivo. Surpreendentemente (ou não se tivermos em conta a importância que Chloe tem para Clark e o facto de ele não poder justificar-se com um “não posso ir porque vou salvar o mundo”), Clark recusa-se a fazer alguma coisa. Não. Não neste dia, não no dia de Chloe.

Será então um Oliver movido por motivos não apenas altruístas (recorde-se que os Luthors assassinaram os pais de Oliver) que parte no encalço da possível pista de Lex em Cuba. Por lá vê-se chegado tarde de mais, Lex a ter estado lá, já partiu há muito tempo. Mas Oliver tem companhia, Lana Lang (participação especial de Kristen Kreuk), que afinal não é só mais uma convidada do casamento e que parece perseguir os mesmos fins do nosso Green Arrow, encontrar Lex.

Momento Clois

Voltando ao continente Americano, Lois e Clark têm um “momento”, que não é aliás o único neste episódio. Uma Lois talvez mais sensibilizada pelo dia que é, começa a quebrar e é cada vez mais visível o que sente por Clark, que também começa a ceder. As usuais “caneladas” que dão um ao outro contrastam com momentos de elevada tensão. Há ali muita faísca, e convém dar o mérito à dupla Welling e Durance que têm muitas culpas no cartório de funcionar tudo tão harmoniosa e perfeitamente!

Enquanto isto, Chloe recebe várias chamadas de Davis (Sam Witwer), mas decide ignorá-las. Apesar de o paramédico soar desesperado, aquele último encontro com ele parece tê-la feito ver que talvez não seja boa ideia continuar a privar com o estranho “amiguinho”.

Mas o que Chloe não chega a saber é que Davis não procurava pressioná-la. Desta vez, desorientado, coberto de sangue e com um corpo completamente desfeito em mãos, ele precisava realmente de ajuda.

Enquanto se tenta desfazer do corpo estraçalhado, é descoberto por um polícia que o pressiona. Davis, pálido e como que possuído, ainda lhe pede que fuja, mas já é tarde de mais… E se alguns olhavam com apreensão a adaptação televisiva de Doomsday, hoje olharão com espanto e dirão: excelente trabalho. A metamorfose; os olhos brilhantes vermelhos; os efeitos; os jogos de luzes e cores (escuras que não possibilitam cristalino vislumbre mas apenas parcial)… tudo assenta tão bem que parece um filme.

felizes até quando?

Longe de sangrentos eventos, o casamento segue como esperado. A cerimónia, o bolo, a dança dos noivos…e a mais uma cintilante e emotiva cena “Clois”. Uma dança romântica que não necessitou de palavras, apenas olhares e sentidos e no momento “quase, quase, quase” em que quase esborrachamos o nariz no ecrã… aparece Lana e todas as atenções se viram para a desaparecida. Mais uma vez, e mesmo estando em segundo plano, é possível denotar a excelência de Erica Durance com uma Lois completamente desconcertada e magoada com a chegada da “rival”.

Mas este reaparecimento de Lana não se deu só para ela comer bolo e beber champanhe. Sozinha, recebe uma estranha mensagem: “O arqueiro verde acreditou em ti?”.

Pois é. Seria muito estranho chamarem Lana de novo ao serviço se não fosse para algo minimamente interessante, e só esta curiosa mensagem valeu por tudo. Afinal, de que lado estará ela? Quais são os seus verdadeiros propósitos?

O regresso de Lana

Mas em Bride não há tempo para grandes considerações filosóficas e a história move-se numa montanha russa de emoções. Tudo treme, as luzes falham… Doomsday chegou.

Entre o pânico geral, Lana é ferida e Clark é batido por algo muito mais forte que ele próprio.. Avançando imperialmente e espalhando o terror, Doomsday aproxima-se de Chloe. Jimmy tenta defendê-la, acabando por sofrer um violento golpe que o deixará em estado crítico.

A ossuda criatura leva Chloe para a fortaleza agora dominada por Braniac. E em mais uma passagem chocante, ao acordar, Chloe sorri.

Como se já não fosse suficiente para um episódio só, a cena derradeira deixa-nos ainda mais água na boca. Num quarto negro, um homem rodeado de fios e tubos vê serenamente o vídeo do casamento. Um homem completamente careca.

Com quase dois meses de espera pela frente (o próximo episódio, Legion, só vai para o ar a 15 de Janeiro) deixa, quase cruelmente, muitas questões no ar… O que restará da destroçada Lois? Que destino terá Chloe? Terá já sido novamente possuída por Braniac? De que lado está Lana? E Lex está mesmo vivo?…

Veredicto

Que episódio! Que história, que interpretações, que twists! Que bomba Smallville!

Ao contrário do que se poderia esperar, e felizmente, Doomsday não faz a história do episódio.
Esse seria o caminho fácil. Ao contrário, ele é apenas uma “pequena” parte, uma peça num imenso tabuleiro em movimento. E aqui está a chave para a magificiência deste Bride: tudo acontece simultaneamente, não há tempo para hesitações.

Presentemente, Smallville é das melhores séries em termos de Cliffhangers. Nas últimas semanas tem sido absolutamente de loucos.

Se continuam com este ritmo, com esta qualidade… vai ser difícil ficar pelas 8 temporadas!

À Super-Homem (+)
A transformação de Doomsday
Momentos Clark&Lois
O mistério de Lana.
O mistério de Lex.
(…)

À “Clarky” (-)
Não houve nada de realmente mau.
Talvez esperasse um pouco mais de Chloe num episódio que seria supostamente centrado em si…
Ah, é de gente “mázinha” deixarem-nos quase 2 meses à espera!

Vale a pena ouvir de novo…

Jimmy: Trust me. Lois and Clark would be great together. I can feel it in my gut.
Lois: Well, take some Ex-Lax, get over it.

Oliver: Well, I’m sure he needs you, Lois.
Lois: That’s sweet of you to say, but how do you know?
Oliver: ‘Cause I know Clark.

Clark: I promise. We’re going to get Chloe back.
Lois: What if we can’t…?

Imagens: The CW
Nota: 9.5 / 10

Por agora, quanto a Smallville e também estas humildes reviews semanais…até para o ano!

6 respostas a Smallville VIII – Review –  Bride

  1. Bruno diz:

    De facto um episódio excelente.
    Desde o início da 8 época que fiquei novamente empolgado com a serie, coisa que não acontecia há um bom tempo.

    Finalmente temos Smallville🙂
    Algo que devemos salientar é os bons efeitos para uma “simples serie de TV”.

  2. Adorei. Smallville simplesmente sublime. A melhor série da actualidade. É impressionante como se consegue renovar na 8ª temporada!

    PS: Eu dava 10 ao episódio…

  3. Roni diz:

    Mt bom, agora Lois só retorna no episodio 8×15, vamos ter que esperar o hiatus e mais 5 episodios para Clois. Acredito que ela vai voltar esnobando ele, não quer mais sofrer, e agora ele vai se rastejar aos pés dela.

  4. Fábio diz:

    excelente episodio um dos melhores sem duvida e aqueles efeitos especiais optimos mesmo, foi tudo perfeito. Gostei muito da review e ate para o ano \o/

  5. $imonfOX diz:

    SMALLLVILLLLEEEE BABYYYYY TOLD YA 2 DONT QUIT ON IT!!!!
    BACK ” THE CHARGE x))))))))))

  6. Mag diz:

    Ameeeei esse epi. principalmente a carinha da Lois derretidamente apaixonada pelo Clark e tentando esconder em vão…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: