Smallville VIII – Review – Abyss (9/22)

Smallville

Episódio: Abyss (9/22)
Temporada: 5
Primeira transmissão nos EUA: 13 de Novembro de 2008

Smallville é bem conhecida por ser uma série especialmente irregular: altos e baixos constantes quer intra quer inter episódios.

Perto do final da sétima temporada, a equipa criativa sofreu uma revolução: saíram os “pais” da série e entraram ao serviço quatro novos nomes dos quais não sabíamos o que esperar.

O início da oitava temporada foi uma viragem: ao início tímida e quase imperceptível; com o correr dos episódios, especialmente os últimos três, cada vez mais sólida e atractiva.

Smallville está “aí para as curvas”, e a confirmá-lo está mais um belíssimo episódio: Abyss.

Foi uma boa notícia saber que Chloe (Allison Mack) iria sair dos “classificados” e voltar à “página principal” neste episódio já que andava meia esquecida nas últimas semanas. A surpresa e satisfação foi ainda maior quando pude constatar a ambição e o alcance a que Abyss se propunha atingir.

Chloe nunca mais foi a mesma desde que Braniac (participação especial de James Marsters; Buffy, a caçadora de vampiros e Angel) “hackeou” o seu cérebro. Além da óbvia super-inteligência, esta presença tem sido cada vez mais notada nos últimos episódios no que respeita outras atitudes e acções de Chloe (veja-se por exemplo o assassinato de Sebastian Kane em “Prey”). E se Clark (Tom Welling) parecia dar pouca importância à situação, hoje o caso muda de figura.

Dormindo descansadamente, Chloe é acordada por Jimmy (Aaron Ashmore) que lhe serve um delicioso pequeno-almoço na cama. A uma semana do grande dia – o casamento -, Jimmy comenta que Lana (Kristin Kreuk) ainda não respondeu ao convite mas… Chloe parece não se lembrar quem é Lana Lang. Poucos segundos se passam, e num cérebro aturdido com informação incompreensível, Chloe começa a esquecer tudo, até o próprio noivo.

Assustada, Chloe só reconhece Davis

Abrem-se então as portas para um episódio pleno em suspense e dinâmica; um thriller psicológico que percorre a mente atormentada da única pessoa que conhece realmente o verdadeiro Clark Kent.

Sucumbindo ao que parece ser um abismo negro, Chloe confessa a Clark que Braniac está a tomar conta do seu cérebro substituindo as suas memórias reais por dados Kryptonianos incompreensíveis. Um símbolo repete-se sem cessar e Clark reconhece-o como o correspondente a “Doom” – significando, genericamente, destruição inevitável.

Revisitando alguns momentos longínquos no tempo – destaque para um amoroso momento inédito entre Clark e Chloe, ainda crianças), Chloe vê Braniac apagar do seu cérebro todo o “Kal-El” que existe em Clark, um processo que, para nós espectadores, acaba por se tornar doloroso de assistir.

Aqui deve dizer-se que Allison Mack está absolutamente sublime. O episódio pertence-lhe completamente; a perfeita encarnação do desnorteamento e esgotamento psíquico.

Clark pede ajuda a Jor-El

Clark parte imediatamente para o Árctico para reconstruir a Fortaleza da Solidão e pedir ajuda a Jor-El, que alerta para as consequências. Sacrificando a verdadeira amizade em nome da protecção, Clark pede a Jor-El (participação especial de Terence Stamp) que reponha as memórias de Chloe, com excepção a tudo o que diz respeito à sua origem Kryptoniana. E se por um lado me senti verdadeiramente desalentada com este “retrocesso” na trama, também é verdade que se justifica no contexto.

Enquanto isto, Jimmy leva Chloe ao hospital e, durante uma ressonância magnética, Braniac põe os computadores do hospital em curto-circuito e Chloe entra em estado de choque percorrendo memórias de infância e adolescência com Clark que, contra todos os esforços, são imperialmente apagadas.

Um autêntico “Eternal Sunshine of the Spotless Mind MEETS The Matrix” onde Chloe tenta desesperadamente manter Clark vivo na sua memória à medida que tudo à sua volta se desintegra em indecifráveis códigos alienígenas.

Esta analogia não é nada má, antes pelo contrário! E os efeitos especiais são de facto acima da média se tivermos em conta que se trata de uma série televisiva (não uma produção de Hollywood de grande orçamento).

O que é estranho é que, à medida que o cérebro de Chloe se esvazia, algo permanece imutável: a memória de Davis Bloome (Sam Witwer); e é para ele que corre quando foge porta fora do hospital, suplicando-lhe protecção. A única parte reconhecível do seu mundo negro.

Clark no derradeiro sacrificio

Apesar de confuso pelas razões pela qual Chloe só se lembra de si, Davis actua nobremente levando-a ao encontro de Clark e Jimmy. Quando Chloe entra em pânico ao ver aqueles “estranhos” Bloome é obrigado a sedá-la e Clark pode finalmente levá-la à Fortaleza.

Enquanto Jor-El procede à reposição, um líquido negro sai dos olhos e ouvidos de Chloe.

De regresso, Chloe está completamente recuperada e não se lembra de nada do que aconteceu, referindo-se à “cura súbita” como um milagre. Ainda há tempo de um pequeno mas importantíssimo encontro entre Chloe e Davis que confessa os seus sentimentos prometendo não desistir de a conquistar, fazendo adivinhar um casamento atribulado e MUITO interessante na próxima semana!

Na cena derradeira, Clark regressa humildemente à Fortaleza para agradecer a Jor-El e esclarecer-se acerca do significado do símbolo que Chloe via repetido tantas vezes. Jor-El explica então a tal história da criatura que incorpora a destruição total e sem escrúpulos. Clark assume-se preparado para defender a Terra dessa misteriosa “criatura”. Conforme Clark abandona o local, vislumbramos o temível líquido negro a espalhar-se por toda a Fortaleza, e sob as proféticas palavras de Braniac, enegrece-a: “Doomsday is coming”.

Veredicto

Smallville está absolutamente com tudo.

Abyss constituiu um dos mais ambiciosos episódios de que tenho memória, tomando o risco de se afastar daquela que seria a narrativa fácil ou convencional. Chloe nada sabe de Clark, de novo. A princípio, uma desilusão amarga; mas pelo que a equipa criativa já nos mostrou esta temporada, é apenas justo confiarmos que está para vir algo mais ousado do que podemos conceber. Algo que até poderá, em momentos, afastar-se da real mítica do Super-Homem.

Não é em vão que estas cartas estão na mesa, e, por agora, só nos resta aguardar pelo resto da jogada.

Ansiosamente!

À Super-Homem (+)
Os efeitos especiais;
O “arriscar” de apagar o verdadeiro Clark da memória de Chloe;
Allison Mack em grande forma.

À “Clarky” (-)
A estranha ausência de… Lois. No fim de contas, é a prima de Chloe

Vale a pena ouvir de novo…

“Clark: You’ve been the best friend and ally I could have had, Chloe. The truth is you’ve saved me more than I ever could have saved you.”

“Brainiac: Doomsday is coming.”

Imagens: The CW

Nota: 8.5 / 10


10 respostas a Smallville VIII – Review – Abyss (9/22)

  1. DaniHell diz:

    As primeiras temporadas é que davam gozo

  2. Fábio diz:

    esta episodio arrazou muito bem feito sem duvida alguma

  3. Bruno diz:

    Muitas pessoas criticavam smallville mas agora devem estar arrependidas e se formos comparar com heroes que so esta na sua terceira temporada.

  4. $imonfOX diz:

    OHHHH Boyyy! Mais um Grande Eps CATARINA!!! Vi o ontem noite na CW. AWESOME! O Clark e a Chloe em Pequenos, awesome! Brainiac is Back! Doomsday is Coming!
    JA VIRAM A PROMO DA CW DO PROXIMO EPS? DOOMSDAY, LANA LANG, CASAMENTO, CLARK & LOIS kissing….? xDDDDD
    Seee ya……

  5. closeup90 diz:

    $imonfOX, Smallville está em grande maré ascendente.

    Teve ai umas temporadas no meio muito fraquinhas (5 e 6 se nao me engano) e estive mesmo a abandonar o barco..mas lá para meados da setima arrebatou’me novamente. e hoje deixa-me completamente “a babar” pelo episodio seguinte! um regresso de titã! fico muito contente😉

    ehe a todos, obrigado pelos comentarios

  6. Smallville foi das melhores séries na televisão da 1ª à 5ª temporada. Na 6ª e 7ª apresentou-se um pouco em baixo de forma.

    Em primeiro quero dizer que estes posts são super bem-vindos porque vejo Smallville desde a primeira temporada e sou um grande fã da série. Nos bons e maus momentos, é das séries que mais me dizem. E nunca tive nenhum sítio português em que pudesse discutir os episódios. Assim, estas análises vêm mesmo a calhar.

    Adorei este episódio. O melhor da temporada até agora, na minha opinião. Esta temporada está mesmo fora de série. E quanto à nota, acho que merecia um 10, no mínimo um 9. A Lois não estava porque foi numa reportagem e não está familiarizada com as “habilidades” da prima. Para além disso não convém ter muitos personagens num só episódio, porque não haveria espaço para os aprofundar (vejam um exemplo de Heroes).

    Quanto à ignorância de Chloe em relação ao segredo de Clark… ficava muito chateado se achasse que era definitivo e vou fazer exactamente como disseste. Confiar na nova equipa encarregada da direcção.

    “(…) entraram ao serviço quatro novos nomes dos quais não sabíamos o que esperar.” Isso não é exactamente verdade. Eles já estavam na série há muito tempo, apenas não estavam encarregados da direcção. Eram escritores normais.

    E concordo contigo em relação à excelente prestação da Allison Mack.

  7. PS: A cena do Clark e Chloe em pequenos foi uma distorção de uma memória no cérebro da Chloe porque ela conheceu-o no primeiro episódio da série, logo já estava mais parecida com a Allison Mack (8 anos mais nova é claro).

  8. closeup90 diz:

    Ricardo,

    Como viste pela critica tambem adorei o episodio. Nao dei nota mais alta porque espero (e sei) que esta temporada de smallville tem muito mais para nos oferecer e aí ia ter de rebentar com a escala ehe

    comecei agora a minha “carreira” aqui no hotvnews por isso é normal que isto nao pegue logo às primeiras tentativas, mas acho que ate estou no bom caminho😉

    estarei com mais atenção aos pormenores (como aqueles que atentaste).

    Obrigado pela contribuição😉 Para a semana cá estaremos de novo

    Cumprimentos! Catarina

  9. Roni diz:

    Ricardo Leal. Chloe não conheceu Clark no primeiro episodio da serie, eles já eram amigos antes daquilo. A cena do primeiro beijo dos dois já foi até mencionada em temporadas antigas e só agora eles resgataram a historia e nos apresentaram a cena. Vai lah produtores, vcs tao d++++

    “Doomsday is coming”

  10. e o que aconteceu com lex sera que ele morreu mesmo tenho minhas duvidas mais e clark e lana tem que ficar junto por mais que seja dificil ,smallville e a serie ,que fais sentido

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: