ESPECIAL OSSOS – Bones III – The Pain in the Heart (15/15)

Não perca a review ao ÚLTIMO episódio de Bones. Debate sobre os temas mais quentes da temporada: a morte de Booth e a revelação do aprendiz do Gormogon! Vídeo incluído!!!

Episódio: The Pain in the Heart (A Dor no Coração)
Canal: RTP2 e FOX (Portugal); FOX (EUA)
Primeira Exibição em Portugal (RTP2): 30 de Outubro de 2008
Primeira Exibição nos EUA: 19 de Maio de 2008

Sempre se pode guardar o folheto para o próximo funeral.
Assim fica mais novo na foto e tudo!


Sem comentário. Tirei a screencap por prazer.
Mesmo a chorar, Emily fica muito muito gira.

E depois de uma grande caminhada, encurtada um pouco devido à greve dos argumentistas, chegamos ao último episódio da terceira temporada de Bones (Ossos na nossa televisão). O último episódio deixou um grande cliffhanger (e foi uma das razões que fez com que este episódio tivesse óptimas audiências nos EUA): será que Booth (David Boreanaz) morre ou será que Booth vive? E é exactamente assim que começa o episódio, Brennan a tentar manter o seu parceiro acordado. Depois somos transportados para o Jeffersonian onde está tudo a planear ir ao funeral de Booth.

Dás-me uma mãozinha?


Angela – Glup!
Espécie de polícia – Está tudo bem minha senhora?
Angela – São só soluços!

E é exactamente aí, no funeral de Booth, que acontece a melhor cena de toda a temporada. Ok, tivemos o beijo, sim tivemos o tiraço que Brennan deu à mulher que supostamente matou Booth, mas esta cena é fora de série. É que afinal Booth não morreu e tudo não passa de um estratagema para capturar um criminoso que jurou a Booth que só apareceria no seu funeral. Brennan (Emily Deschanel) vê Booth “vivinho da silva” e sente-se traída. Pega no braço do boneco do caixão e espeta-o na cara do criminoso dando logo de seguida o mais valente murro que eu vi em toda a minha vida ao seu outrora falecido parceiro. Gostava também de perguntar ao FBI que médicos é que eles têm ou que medicamentos é que eles usam, porque pareceu-me que o ferimento quase fatal de Booth sarou um bocadinho depressa demais.

Um vicking?!? Um vizigodo?!? Um feiticeiro?!?


Não, é só o Booth na banheira com uma chapéu de cerveja,
um livro aos quadradinhos e um charuto cubano.

Este enredo da morte de Booth podia ter sido muito melhor aproveitado. Não é que tenha sido mal feito, nada disso, deu-nos duas das melhores cenas que a série já teve, mas um enredo desta envergadura não durou mais que um episódio, foi só mesmo o fim de um e o início do outro. Podia ter sido mais desenvolvido.

Para onde é que estás a olhar?


EU!?! Lado nenhum! Lado absolutamente nenhum!

Assim, partimos para o caso da semana, que por acaso também é o caso da temporada. Voltamos ao Gormogon! Quem é? Isso não interessa para nada. O que interessa é que o seu aprendiz trabalha no Jeffersonian instalando um clima de medo e terror aos pacíficos cientistas. É verdade que foi uma boa ideia ter um caso para toda a temporada. Dá um excelente sentido de continuidade e uma profundidade acrescida, mas se calhar este não foi o melhor caso para ser escolhido. Não me interpretem mal, eu adoro sociedades secretas e teorias da conspiração, mas teve muitas falhas. O enredo do Gormogon tornou-se demasiado confuso.

Olha para os meus novos óculos de sol?
Mesmo fashion!


Muit’a giros Hodg! Muit’a giros!

E depois temos a surpresa da temporada! As suspeitas foram extremamente bem implementadas. Foi demais. Todos pensavam que era o Sweets (John Francis Daley). E tinha tudo para o ser! Uma personagem nova, aparece na mesma temporada, ligada ao Gormogon, interessado na nossa dupla de investigadores. Mas não! Quem é o aprendiz? Nada mais nada menos que Zack (Eric Millegan) (Deus existe!!). Os meus parabéns aos produtores. Provam que Bones não é apenas “mais um procedural” daqueles que despacham as personagens quando os actores já estão tão fartinhos que se querem ir embora e que têm capacidade e coragem de fazer coisas “outside the box“. E o personagem não podia ter sido melhor escolhido, Zack, que tem uma profundidade emocional tão grande como o meu candeeiro. Adeus, querido amigo! Não voltes mais!

Tu aí: quieto!

Esta review está a dar-me sono…

Queria também mencionar a cena de acção em que Booth mata o Gormogon. Foi muito bem pensada e muito bem executada. O Gormogon tinha uma dentadura melhor que a de muitos tubarões e não perdeu nem um bocadinho de pinta para a imaginação. David Boreanez em grande com o seu boné. Os efeitos também foram muito bem implementados. De referir também a experiência de Sweets que prova o meu ponto de vista: a personagem tanto é engraçada (atenção: rimo-nos dele e não com ele) como é irritante. Aqui foi irritante, o que fez com que a tão bem interpretada ameaça de Brennan fosse ainda mais marcante.


Resumindo, foi um episódio excelente para o culminar de um enredo de temporada que podia ter sido melhor. Deram-nos um final que ninguém estava espera, excelentes interpretações de todo o elenco, uma realização acima da média e um diálogo à maneira que Bones nos habituou nos seus episódios mais felizes. Um dos melhores episódios da série e o final perfeito para a temporada.

Este é o Gormogon.
E é com esta cara que vou ter pesadelos.

Anúncios

8 Responses to ESPECIAL OSSOS – Bones III – The Pain in the Heart (15/15)

  1. Laura caçoeiro diz:

    Fiquei parva, quando começou a dar a cena em que a dupla descobre quem era o aprendiz! E só acreditei mesmo quando, eles dirigem-se para o hospital. Não estava mesmo nada á espera que fosse Zack. Eu gostava desta personagem.

    A cara de Cam quando eles chegam ao hospital e pedem para ela sair, foi a mesma que a minha! Achei esta cena das melhores deste episódio.

    Espero que não demore muito a dar a nova temporada.

  2. Helena Miranda diz:

    Mas uma boa review. Quanto ao Zack,achei bem que fosse quem não se estava à espera.

  3. viskonde diz:

    tambem nunca pensei que fosse o Zack o_O

    o homem nao faz mal a uma mosca…. pareceu um pouco forçado .. mas pronto 😀 assim sempre surpreendeu…
    alguem sabe se a RTP ja comprou a proxima season?

    vou ter saudades destas reviews 😛

  4. Ricardo Leal diz:

    viskonde,
    Ainda bem que vais ter saudades e a verdade é que as reviews já acabaram, mas ainda vão haver alguns posts dedicados a Bones porque o ESPECIAL OSSOS ainda não acabou! 😉

  5. Tita diz:

    vou ter saudades de bones… ansiosa pela próxima temporada!!!!

  6. joana diz:

    Acho que este foi uma season finale fraca. Booth nunca poderia morrer sendo ele uma das personagens principais e o actor ser também produtor da série. Poderiam ter jogado melhor com a morte falsa dele. Mas ainda assim senti pena da Brennan e fartei-me de rir na cena do funeral.
    A cena do Zach foi estranha. Vi este episódio antes de ver a temporada toda e fiquei imensamente confusa. Quando finalmente acabando a temporada o vi de novo, já não fiquei surpreendida (já tinha visto) mas ainda assim…o ZACHaronni? hum.
    Estando já ver a quarta temporada, acho que isto ainda está a dar muito que falar e vai continuar assim..
    Espero que a 4 temporada comece brevemente na televisão portuguesa 🙂
    vou ter saudades destas reviews!

  7. […] O funeral de Booth The Pain in the Heart (15/15) […]

  8. Mariana diz:

    alguem me sabe dizer quando cai dar a 4º temporada em Portugal?
    se alguem souber agradeica que dissessem…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: