Anatomia de Grey V – Review – Life During Wartime

https://i1.wp.com/tvjab.com/wp-content/uploads/2007/10/greysanatomy.jpg

Episódio: Life During Wartime (6/22)
Temporada: 5
Primeira Transmissão nos E.U.A: 30 de Outubro de 2008

Todos os dias, enfrentamos batalhas. Obstáculos, dificuldades. Todos os dias, ganhamos. Todos os dias, perdemos. São assim os dias passados no hospital Seattle Grace. Com os seus altos e baixos, com as suas vitórias e com as suas derrotas. E hoje foi um bom e difícil dia no hospital, e como tal, um óptimo episódio.

CONTÉM SPOILERS

Introdução

“For a surgeon, every patient is a battlefield. There our terrain, where we advance, retreat, try to remove all the landmines. And just when you think you won the battle, made the world safe again, along comes another landmine.”

Tema/história

Chegou um novo médico. Um médico, que pode ter vindo para ficar. Owen Hunt (participação de Kevin McKidd; Journeyman e Roma). Um médico não muito tradicional nos seus métodos, que se bem se lembram, já nos foi apresentado há mais de um mês. Será com certeza um médico que vai dar muito que falar. E começou com um caso pouco vulgar, a condizer com o seus métodos invulgares: com porcos. Sim porcos. Utilizou porcos feridos para ensinar os residentes. Owen está no hospital, tanto para fazer subir Seattle Grace nos rankings, como para ensinar os médicos mais jovens a agirem de forma mais rápida em situações de emergência. Pode ter sido algo controverso nos seus métodos, é verdade.

E o destaque do episódio foi totalmente para… Anatomy Jane, a boneca!

Personagens

Meredith (Ellen Pompeo), com a ajuda de Derek (Patrick Dempsey), começou a desempacotar caixas antigas. Caixas da mãe. Foi agradável ver Mer e Derek sem problemas, e a comportarem-se apenas e exclusivamente como um casal “normal”. Uma das primeiras coisas que ela descobriu foi uma boneca antiga sua: a Anatomy Jane. Uma boneca com peças de órgãos que se encontram dentro dela e que ajudou Mer no caso médico de hoje. A boneca de Mer também afectou um pouco Richard (James Pickens Jr.). Lembrou-lhe o seu passado. No final, Derek e Mer acabam por descobrir também que Ellis tinha vários diários. Não sei que história resultará da descoberta dos diários, mas espero que seja interessante.

Izzie (Katherine Heigl), cada vez mais bela, e Alex (Justin Chambers) evoluem um pouco na sua relação. Alex não tem a certeza de como é que vai a relação deles e por isso questiona-a sobre isso mesmo. Ela fica muito chateada com a pergunta, mas no final, acaba por perceber que Alex não o fez por mal, pelo contrário. E eles acabam por de manter bem, a “estudar” reprodução sexual.

Cristina (Sandra Oh) fica nervosa por rever Owen no hospital. E fica ainda mais nervosa por ele não se recordar do seu nome. A verdade é que ele lembrava-se dela, mas depois de tudo o que aconteceu quando esteve fora, ele acabou por esquecer-se de Yang. Ele está em Seattle Grace precisamente pelo que aconteceu por lá. Vamos ver como é que a relação destes dois se vai desenvolver. Só mais uma coisa, adorei ver Cristina a cuidar dos porcos com os seus internos e como eles conseguiram lidar com a situação quando um dos porcos piorou. Foi bastante divertido de ver.

Callie (Sara Ramirez), também cada vez mais bela, fica um pouco “confusa” com a sua relação com Erica (Sara Ramirez). Pois o sexo com ela é incrível. O problema é que ela acha que também é incrível o sexo com Mark (Eric Dane). Mark diz que ela não pode continuar assim e tem que se decidir. E por isso, Callie conta a Erica que dormiu com Mark. Erica acaba por a desculpar. Neste episódio, vemos um outro lado de Erica. Um lado em que ela vê as folhas das árvores. Pois Callie é “óculos”. Vocês sabem do que estou a falar.

Casos médicos

O caso médico de hoje foi bastante interessante. Bem, já falei um pouco sobre o caso dos porcos, agora vou ao outro. Richard ficou contente com o trabalho que Bailey (Chandra Wilson) fez em relação àqueles transplantes de rins em dominó e por isso, atribuindo-lhe um poder de chefe por hoje, dá-lhe um caso médico bastante difícil: remover um tumor considerado inoperável. Com a ajuda de Richard, de Erica (que não queria participar neste caso e que dificultou um pouco mais as coisas), de Mer e da sua Anatomy Jane, Bailey conseguiu remover o tumor. Para isso, tiveram que tirar os órgãos que impediam a remoção do tumor. Bastante interessante. E ainda bem que tudo correu bem.

Banda Sonora

Vampire Weekend – “Walcott”
Greg Laswell – “Days Go On”
El Perro Del Mar – “From The Valley To The Stars”
Raining Jane – “Prelude”

Final

“Some wars are never over. Some end in easy truss. Some wars result in complete and total victory. Some wars end with a peace offering. And some wars in hope. But all these wars are nothing compared to the most frightening war of all, the one you have yet to fight.”

escrito por Paulo Rodrigues e Carlos Couceiro
editado por Carlos Couceiro

PS – Nenhum porco foi ferido nas gravações deste episódio.

3 respostas a Anatomia de Grey V – Review – Life During Wartime

  1. rosário diz:

    EM QUE CANAL ESTÁ A DAR A ANATOMIA V?????

  2. Ana Paula diz:

    Em nenhum… Podes semprecomprar nno itunes!

  3. rosemary diz:

    Rosário, pesquisa bem no youtube… 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: