Anatomia de Grey III – Review – Testing 1-2-3

Episódio: Testing 1-2-3 (24/25)
Temporada: 3
Canal: RTP 2
Primeira Transmissão em Portugal (RTP 2): 28 de Outubro de 2008
Primeira Transmissão nos E.U.A: 16 de Maio de 2007

“A surgeon’s education never ends. Every patient, every symptom, every surgery is a test. A chance for us to demonstrate how much we know, and how much more we have to learn.”

Hoje foi talvez o dia mais importante para a carreira dos nossos estagiários. O dia do teste. O dia em que puseram à prova todos os conhecimentos que têm vindo a aprender. O dia que lhes dará a oportunidade, caso passem no teste, de serem residentes.

Meredith (Ellen Pompeo) passou por um mau bocado neste episódio. Ela está claramente a atravessar uma fase menos boa da sua vida. Mer gostaria de ter ido ao funeral de Susan. O seu pai (participação de Jeff Perry), revoltado com a filha, não a deixou. E assim, Mer ficou ainda mais perturbada com a morte da madastra acabou por deixar o teste em branco. Felizmente para ela, os seus amigos conseguiram convencer Richard (James Pickens Jr.) a deixa-la fazer o teste outra vez. E assim o fez. O problema é que Derek  (Patrick Dempsey) não a apoiou nesta altura tão conturbada da sua vida. Não porque não queria, mas porque não simplesmente não sabia o que se estava a passar. Mer não lhe dizia nada, impedindo de se envolver mais na sua vida. Toda esta situação levou Derek a conhecer Lexie (participação de Chyler Leigh; Reunião e Causa Justa), uma rapariga interessante no bar do Joe (participação de Steven W. Bailey). Uma rapariga que muitos já devem saber quem é… Derek não quis se envolver com a rapariga. Talvez ele próprio tenha compreendido sozinho que Meredith precisa de si e arrependeu-se do que iria fazer.

Cristina (Sandra Oh) esteve a maior parte do tempo preocupada com o teste e a estudar. É normal, já que este é o seu sonho, ser cirurgiã. Adorei quando ela informou Mer, como que a consola-la, que com toda a certeza iria ter uma nota alta no exame. Mas não tão alta quanto a dela. Um comentário destes só podia ter saído da boca de Cristina Yang. Agora, o problema é que ela ainda não escreveu os seus votos para o casamento, o que deixou Burke (Isaiah Washington), o seu noivo, um pouco preocupado.

E Burke tem uma pequena despedida de solteiro com Derek, Mark (Eric Dane) e… Addison (Kate Walsh). Sim, a Addison. Bem que a Addison podia ter feito um pequeno strip! Senti imensa pena de Addison neste episódio. Como sabem, ela não pode ter filhos, e hoje… hoje foi rodeada de grávidas. Primeiro consultou uma grávida que carregava gémeos, os quais o Joe e o seu namorado querem adoptar, e depois consultou ninguém mais, ninguém menos do que Adele (participação de Loretta Devine; Eli Stone e Crash – Colisão) que a informou que estava grávida, mas não de Richard. Ambas ficam piores no final, estando numa situação mais crítica. Mais detalhes no próximo episódio. Ah, e Addison teve também que ouvir os desejos de Callie (Sara Ramirez) que sonha em ter filhos dentro em breve.

Ava (participação de Elizabeth Reaser; Joia de Família) recupera a memória. Ou melhor recuperou-a há já alguns dias, mas só hoje é que Alex (Justin Chambers) descobriu e, como é óbvio, ficou muito zangado por ela não lhe ter dito nada. É que Rebecca, o seu verdadeiro nome, não quer voltar para o seu casamento. Ela simplesmente não quer voltar. E se o marido quisesse que ela voltasse, teria tentado encontra-la. A relação destes dois está a avançar cada vez mais rapidamente.

O caso médico de hoje envolve três amigos que decidiram escalar e que devido à tempestade, saíram feridos. Devido a essa mesma tempestade, deixaram um amigo para trás. Pelo meio de tantas cirurgias, Callie destacou-se bastante como uma excelente médica e Bailey (Chandra Wilson) mostru-se preocupada com o facto de  Callie poder vir a ser chefe dos residentes, já que ela também se candidatou a essa posição. No fim, Izzie (Katherine Heigl) e George (T.R. Knight) descobrem que algo mais se passou naquela escalada. A prova final foi mesmo quando o quarto amigo chegou, inconsciente, com um machado na cabeça. Sem dúvida, algo mais se passou naquela escalada.

T.R. Knight pode estar de saída de Anatomia de Grey. É que George recebeu a carta de Mercy West e foi aceite. Caso ele passe no teste, será transferido. Isso custará a todos os estagiários, principalmente a Izzie. Acho que nunca tive tanta compaixão por uma personagem. O amor que Izzie sente por George é real. E acho que o George também a ama. De certeza que irão discordar comigo, mas acho que eles deveriam estar juntos. Eles são melhores amigos. Já passaram por muito. Eles amam-se. Dizer a George que não o ama deve ter sido das coisas que mais lhe custou dizer. Acho que eles os dois poderiam ter sido felizes juntos. Claro que Izzie pertencia, sem dúvidas, a Denny, mas Izz e George… deveriam estar juntos na ausência de Duquette. Prontos, agora batam-me!

Foi, sem dúvida, um bom episódio. A vida deles é um teste. A vida é um teste. Muita coisa vai mudar no próximo episódio. As nossas personagens vão mudar. Tudo vai mudar. Vai ser um turbilhão de emoções. Preparem-se para o que aí vem. A terceira temporada está na recta final. Não percam o último episódio. É simplesmente… estupendo.

Até Terça-feira, noite de Anatomia de Grey!

Músicas deste episódio:

“The Great Escape” – Patrick Watson
“A Bitter Song” – Butterfly Boucher
“Timeless” – Kate Havnevik
“Fidelity” – Regina Spektor

escrito por Paulo Rodrigues e Carlos Couceiro
editado por Carlos Couceiro

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: