W., por Carlos Antunes

https://i0.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197536/photo_01_hires.jpg

Título original: W.

De: Oliver Stone

Escrito por: Stanley Weiser

Com: Josh Brolin, Elizabeth Banks, James Cromwell, Richard Dreyfuss, Jeffrey Wright e Scott Glenn

Um brilhante exercício de cinema.

E se o homem mais poderoso do mundo fosse apenas um filho em busca da aprovação do pai?

A ovelha negra da família, mesnoprezado e por isso mesmo mais determinado?

Um homem que errou muito, conquistou muito, mas nem assim se livrou de ser o rapazito triste a precisar de conforto e carinho?

Este jogo de Oliver Stone – de mostrar George W. Bush como um homem sujeito a um pai que nunca deposita nele qualquer esperança nem em momento algum o aprova; de mostrar um George W. Bush alcoólico e playboy; de mostrar um George W. Bush a correr para a Casa Branca por um chamamento de Deus – é uma provocação, não a Democratas ou a Republicanos, mas simplesmente ao próprio espectador que se apresente com ideias preconcebidas neste filme.

https://i1.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197536/photo_08_hires.jpg

Não que W. deixe de ser um filme político.

Simplesmente reflecte-o também como parte de uma imagem maior.

A reflexão política não se anula perante o sujeito, nem a sua vida íntima permite que a realidade (porque com mais ou menos ficcionalização, sabemos que os acontecimentos terão ocorrido assim) anule a personagem para a tornar “saco de pancada” de uma qualquer vontade política.

A visão de W. centra-se em Bush e, como tal, as figuras políticas à sua volta surgem na reacção à figura central (mas nem sempre decisiva) que está perante eles. E, também, como Bush reage a eles.

Por isso mesmo, há uma visão particular de como ele manobra, de como o manobram e de como os outros manobram em torno dele que tem um sentido político mais arguto do que a mera evidência de factos.

Para isso contribui o excepcional trabalho de Oliver Stone que utiliza de todas as (grandiosas) ferramentas que o Cinema permite, tendo ainda a sorte de ter um leque de actores que encorporam com enorme cuidado e talento as figuras que estão a “mimetizar”.

Assim se consegue escapar a expectativas redutoras e entregar verdadeiramente Bush ao Cinema.

https://i0.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197536/photo_06_hires.jpg

Um filme sem demagogia ideológica, de uma enorme dedicação à sua personagem que só “por acaso” é um homem que (re)conhecemos e julgamos com demasiada facilidade.

George W. Bush é, afinal, uma personagem de enorme empatia e mais matizada do que poderíamos crer, um homem sem capacidade para ser presidente, manipulado e abandonado à sua sorte.

Ou seria se depois não fosse tragicamente ridículo o seu legado ao mundo.

Nenhuma dessas facetas essenciais desaparece em W. e é esse o seu triunfo.

Classificação:

https://i0.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197536/photo_03_hires.jpg

Anúncios

One Response to W., por Carlos Antunes

  1. […] Destruir Depois de Ler, com Brad Pitt e George Clooney, mantém o seu quarto lugar, tal como na semana passada. A surpresa (negativa) desta tabela surge na quinta posição e é uma entrada directa. W., o polémico e aguardado filme de Oliver Stone, uma espécie de biografia de George W. Bush, que sem tomar partido, revela o lado por detrás do homem mais poderoso do Mundo (ou não, conforme preferirem) e não conseguiu mais que 15.635 em oito dias de exibição por 30 salas do país. Preconceito? Fobia política? Não saberemos. Contudo, o filme obteve classificação de 7.0/10 no IMDb e dividiu os cinéfilos do RottenTomatoes.com, obtendo 56% de críticas positivas. Caso queira saber mais, leia a crítica de W., por Carlos Antunes, clicando AQUI. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: