Zé Carlos: Episódio 4 – 26/10/2008

Neste episódio ficamos por dentro de algumas dicas para poupar na crise, assistimos ao primeiro caso de cirurgia em ambulatório, conhecemos Jesus, o Contabilista, Vasco Pulido Valente revela novos dados sobre o roubo do computador de Miguel Sousa Tavares e temos ainda oportunidade de ouvir o novo sucesso da música portuguesa “Rinchoa, Rinchoa”.

Anúncios

14 Responses to Zé Carlos: Episódio 4 – 26/10/2008

  1. mfed diz:

    grande programa sim senhor, andam a subir de produção e ainda bem 😀 😀
    ainda ha gente que compara isto com os contemporaneos? ou sera que tou a ser mauzinho? 😛

  2. Laura caçoeiro diz:

    Acho que os dois programas (Gatos e Contemporaneos) são completamente diferentes um do outro. Eu gosto de ver os dois.

  3. Gaspar diz:

    Contemporaneos e Gato sao dois exemplos d boa comedia nacional!

  4. vitoscano diz:

    Já gostei mais deles, mas valeu pela excelente imitação de Vasco Polido Valente(quem não souber quem é passe pela TVI ás Sextas depois das 21h).

  5. Abul-Fadl Nadr al-Atrabulusi diz:

    Os contemporâneos quanto a mim começaram muito mal.
    Esta série dos gatos não teve “piada” nenhuma quanto a mim. Esteve demasiado focada no socrates e na política. Cena sim, cena não aparecia o socrates. Durante os primeiros episódios. Se no primeiro aceitava-se que o tema fosse só esse, no segundo começou a ficar secante, até porque eles anteriormente já gostavam muito de se focar no socrates / politica.
    Agora este episódio parece-me muito mais interessante porque finalmente começaram a falar doutras coisas.

    E os contemporâneos esta série estão muito melhores. Até aqui tenho-me divertido mais com os contemporâneos precisamente porque acho-os mais diversificados. Até este 4º episódio dos gato.

  6. Ana diz:

    Este foi um dos meus episodios preferidos até agora. Sairam-se muito bem esta semana.
    A cena do computador do Sousa Tavares foi de mais.

    E se o humor não resultar p o Zé Diogo ele tem saída noutro ramo. É so jeito.

  7. helena miranda diz:

    Porque comparar…
    São diferentes.
    Ambos bons.Acima de tudo divertem-se com o k fazem.

  8. Mudaram alguns dos temas, que se estavam a tornar demasiado recorrentes e cansativos e voltaram ao humor mais descontraído e abrangente que os caracteriza. Notou-se imenso essa mudança em alguns dos sketches o que tornou o programa no seu todo bem mais fluído.
    Foi o primeiro programa desta série que gostei de ver do princípio ao fim.
    Acredito que este é o caminho…
    🙂

  9. Riky_On_The_Road diz:

    O que eu gostava mesmo de ver era o Ricardo Araujo Pereira, o Bruno Nogueira e quiça o Nuno Lopes todos juntos num só programa devia de ser um mundo.

  10. casper™ diz:

    Sinceramente nunca achei muita piada aos Contemporaneos e deixei de ver.

    Agora o Gato Fedorento, mantêm a linha a que nos habituaram, continuo a ver e rio-me bastante com a rubrica “Tumba”, ex “Tesourinhos Deprimentes”.

  11. Este programa não vi.. mas também foi o único que não vi. 😛 Porque não faço intenções em deixar de ver…
    Quanto aos Contemporâneos, continuo a não gostar..

  12. Simanic diz:

    Na minha opiniao os contemporêneos são superiores neste momento. Digo isto com pena, acho que o programa novo é um programa de comedia politica.
    Espero que voltem ao que no fundo os caracterizava, a criação de personagem que qualquer um de nos via e dizia, olha tal e qual fulano tal 🙂

  13. Barnabella diz:

    Estão a melhorar mas prefiro os contemporaneos, sem duvida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: