Anatomia de Grey V – Review – Brave New World

https://i1.wp.com/tvjab.com/wp-content/uploads/2007/10/greysanatomy.jpg

Episódio: Brave New World (4/22)
Temporada: 5
Primeira Transmissão nos E.U.A: 16 de Outubro de 2008

Como pode ser tão divertido andar por terras desconhecidas. Estar perante algo que é absolutamente novo para nós. Ser novo em alguma coisa. Aliás, ser novo em alguma coisa é mais assustador que divertido. Mas digo “divertido” pois “Brave New World” foi… divertido. Foi animado. Foi um bom episódio!

E neste episódio, apresentam-nos uma zona “desconhecida” do hospital: O departamento da dermatologia! Uau… aquilo parecia uma zona “zen”. Os médicos até recebem massagens! É completamente diferente do Seattle Grace que conhecemos. E como é óbvio, completamente chato. Mas quando os nossos residentes estão lá… é completamente divertido.

Introdução

“In 6500 B.C., some guy looked to his sick friend and said: “I have an idea. Why don’t I do a hole in your skull? It will make you feel better.” And thus surgery was born. It takes a certain brain don crazy to come up with an idea like really drilling into someone’s skull. But surgeons have always been a confident bunch. We usually know what we’re doing and when we don’t, still act like we do. We walk boldly in to undiscovered country, plant a flag and start ordering people around. It’s invigorating… and terrifying.”

Personagens

Derek (Patrick Dempsey) encontra o diário de Ellis. Quem diria que a mãe de Meredith  (Ellen Pompeo) teria um diário. E Mer volta a ter daquelas suas inseguranças, só porque Ellis teve um diário e por ter sido Derek a descobri-lo. E este fica também a pensar se Mer quer que ele viva com ela ou não. Felizmente eles acabam por se entender e continuam bem. Bem à maneira deles. Mer no fim, com Cristina (Sandra Oh), na caravana de Derek, começa a ler o diário da mãe.

Alex (Justin Chambers) rouba uma cirurgia a Izzie (Katherine Heigl), quando esta é que a merecia. E ela recuperou-a. Com “conselhos” de Mark (Eric Dane) e de George (T.R. Knight). Alex está irritado com tudo o que aconteceu. E descarrega em Izzie. É por isso que ele tem agido assim, mas isso nada ajuda a relação dos dois.

Callie (Sara Ramirez) tem um encontro com Erica (Brooke Smith). Sim, daqueles encontros. Foi tão hilariante ver a Callie nervosa sobre a relação estar a ir para a frente, já que ela nunca esteve no “sul da fronteira”, pelo menos com mulheres, ou até mesmo nas “montanhas do norte”. E depois, Bailey  (Chandra Wilson) com as suas expressões ao ouvir o que ela dizia. Ou a ver a Erica a observar Callie. E mais hilariante ainda foi o esclarecimento que a médica  deu à Callie sobre a “vagi-gi”, como Bailey lhe chama.

Cristina mudou-se com Callie para um novo apartamento. Mas nem houve muito destaque em relação a isso. Foi engraçado vê-la no departamento da dermatologia. É só “conforto e… luz” como ela diz. E os comentários de Yang ao longo do episódio sobre os médicos que lá trabalham foram também bastante engraçados.

George passou no exame, por isso… já é residente! E coitada da Lexie (Chyler Leigh) que tinha combinado beber uma cerveja com ele, e depois ele nem deu muita importância a isso. Outro aspecto positivo para o George foi a sua interacção com um paciente, um miúdo pequeno e que valeram a Knight boas cenas.

Casos médicos

Temos um paciente que levou com um comando de TV na cabeça pela mulher, farta de ver um marido que não se interessa por nada. Mas depois descobre-se que tem um tumor. Um grande tumor na cabeça. Ao menos, deu para ver a cara dele sem pele, quando George levou o seu pequeno paciente para o BO errado. Esse pequeno paciente, não queria ser submetido à cirurgia. George teve que o convencer ao longo do episódio e acabou por consegui-lo. Mais uma vez, destaco a boa interacção entre os dois. Tivemos também um caso muito curto, sobre uma mulher que tinha um problema na pele que não parecia nada de mais, que acabou por tomar contornos mais sérios. Yang estava responsável pelo caso e resolveu-o num ápice, não fosse ela uma excelente médica. Foram casos médicos bastante curiosos.

Banda Sonora

Erin McCarley – “Love Save The Empty”
Emilie Mover – “Ordinary Day”
Shady Bard – “These Quiet Times”
Greg Laswell – “Comes And Goes (In Waves)”
Brandi Carlile – “Hiding My Heart”
Lenka – “Live Like You’re Dying”

Final

“We like to think that we’re fearless. Eager to explore unknown lands and souk up new experiences. But the fact is we’re always terrified. Maybe the terror is part of the attraction. Some people go to horror movies. We cut things open. Dive into dark waters. And at the end of the day, isn’t it that what you’d rather hear about? If you have one drink and one friend and 45 minutes. Smooth rides make for boring stories. A little calamity… that’s worth talking about.”

escrito por Paulo Rodrigues e Carlos Couceiro
editado por Carlos Couceiro

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: