Espelhos, por Carlos Antunes

https://i0.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197016/photo_11_hires.jpg

Título original: Mirrors

De: Alexandre Aja

Escrito por: Alexandre Aja e Grégory Levasseur

Com: Kiefer Sutherland, Paula Patton, Amy Smart e Jason Flemyng

Ben Carson é um homem em queda que aceita o posto de guarda nocturno num velho armazém que ardeu e não pode ser recuperado, para tentar retomar a sua vida.

Mas nada ali é simples. Há um mistério que assombrará Ben e a sua família e que o leva a agir como um louco perante todos os outros.

Um mistério que exigirá que ele investigue o passado do armazém onde trabalha se pretender salvar a sua família.

https://i0.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197016/photo_08_hires.jpg

A história envolve várias ideias, da paranóia ao mundo paralelo, do confronto entre a a crendice e a psicologia à possessão.

São linhas narrativas interessantes que não deixam de ter em vista o estilo visual que os espelhos proporcionam.

Os jogo de reflexos em diversas superfícies são pequenas pérolas visuais que o realizador explora com inteligência, mesmo que se permita algum exagero de plausibilidade quando trabalha com água.

https://i2.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197016/photo_03_hires.jpg

Aja tem o condão de criar excelentes ambientes que os espelhos tornam simultaneamente claustrofóbicos e de uma vazio imenso, sobretudo enquanto se passam no interior do armazém incendiado.

E enquanto esse ambiente de incerteza e paranóia dura, o filme é muito conseguido.

O problema surge quando nos encaminhamos para uma resolução. Aí percebemos subitamente que há demasiadas peças a necessitarem de ser juntas de uma vez só e Aja perde a mão ao que está a contar.

Isso é notório quando em vez de tensão, Aja vê-se forçado a irromper numa cena mais propícia a um filme de acção de forma a desvendar os efeitos finais do que até aí se contou.

https://i1.wp.com/images.rottentomatoes.com/images/movie/gallery/1197016/photo_01_hires.jpg

É provavelmente o mais desinteressante dos trabalhos de Aja, mas de onde ainda sobressaiem alguns excelentes apontamentos.


Classificação: //img48.imageshack.us/img48/9383/25estrelassr0.png” cannot be displayed, because it contains errors.

Anúncios

4 Responses to Espelhos, por Carlos Antunes

  1. t542 diz:

    bom filme para comer pipocas. mas realmente o filme tem cenas muito bem construídas.

  2. Francisco diz:

    Eu gostei bastante. O trailer passa uma imagem errada do filme. Eu entrei na sala de cinema sem vontade e acabei por gostar imenso. Abraço

  3. Rita N. diz:

    Não gostei do filme. Para o thriller que é suposto ser, não me fez sentir nenhuma pressão psicológica. Para além disso, aquele final estava completamente injustificado.

  4. Mais um filme que tenho curiosidade em ver. Pena que os filmes de terror actuais caiam sempre no facilitismo…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: