Anatomia de Grey III – Review – Desire

Episódio: Desire (21/25)
Temporada: 3
Canal: RTP 2
Primeira Transmissão em Portugal (RTP 2): 7 de Outubro de 2008
Primeira Transmissão nos E.U.A: 26 de Abril de 2007

Citação da semana: “And no, those are not grapefruits.”

As interns, we know what we want, to become surgeons. And we’ll do anything to get there. Suffer through killer exam, endure one-hundred hour weeks, Stand for hours on end in operating rooms, you name it, we’ll do it.”

O grande teste está a chegar. Os nossos estagiários estudam para o teste que faz com que deixem de ser estagiários e passem a ser médicos residentes. É o maior desejo deles. O seu emprego de sonho. E por isso, nada de distracções que é hora de estudar! Mas, como é óbvio, em Anatomia de Grey raramente as coisas correm como esperado.

O filho de Ava (participação de Elizabeth Reaser; A Jóia de Família) já nasceu. Prematuro, mas já nasceu. A proeminência de Ava serviu para dar destaque à relação de Alex (Justin Chambers) e Addison (Kate Walsh). Dessa relação falarei mais adiante. Um outro caso médico, também de menor destaque, foi o do homem, antigo paciente de Bailey (Chandra Wilson), que tinha uma grande “constipação”, se assim se poder dizer. Isso não o ajudava muito na sua vida privada… Mas depois verificou-se que era algo mais. Ao início, relacionou-se bem com a relação de Izzie (Katherine Heigl) e George (T.R. Knight). O caso de maior destaque foi o do “peixe-pénis”. Bastante divertido ao inicio, e mais pesado no fim, devido às traições e tudo mais. Mas na maior parte do episódio foi bastante engraçado. Richard (James Pickens Jr.) também é envolvido um pouco na história devido ao seu cargo em Seattle Grace.

Izzie e George tentam esquecer o que se passou entre eles. Tentam ser bons amigos. Melhores amigos, outra vez. Mas claro que não conseguem. O que aconteceu entre eles mudou para sempre a sua relação. E mesmo que tentem voltar a ser outra vez “aqueles” amigos, acabam por fracassar. Talvez porque Callie (Sara Ramirez) pediu a Izzie o seu marido de volta. Por assimdizer. Callie tem ciúmes. E Izz, finalmente percebe. que George é o seu “peixe-pénis”. Que metáfora… E no final, temos uma surpresa: George pediu transferência para Mercy West, outro hospital.

A relação de Meredith (Ellen Pompeo) e Derek (Patrick Dempsey) parece que enfrenta  novos problemas. Mer tenta esforçar-se mais na relação deles. Ela “comunica” mais. Mas não chega. Derek ainda não esqueceu “aquele” dia. Em que Mer se afogou. E agora estão numa situação de impasse. Veremos como esta relação se desenrola na recta final da temporada, mas uma coisa é certa: não deverá acabar bem.

Cristina (Sandra Oh) e Burke (Isaiah Washington) não atravessam complicações nem nada do género. Talvez porque Cristina tenha estado muito ocupada a tentar estudar para sequer arranjar complicações para a sua relação. E ainda bem! Bem, podemos, se calhar, incluir a escolha do bolo para o casamento como uma “complicação”, mas nada que “complique” demasiado a coisa. Os bolos tinham bom aspecto, lá isso tinham.

Addison e Alex finalmente fazem “aquilo”, depois de tanta tensão sexual ao longo dos últimos episódios. E, ao contrário do que muitos pensaram, foi ela mesma que não conseguiu cumprir aquele pacto de não fazer sexo durante 60 dias. E o vencedor é… Mark (Eric Dane)! É pena é que na verdade não há nenhum vencedor. Mark age de uma maneira que me surpreendeu, ao dizer a Addison que ele não cumpriu o pacto, mesmo este sabendo que foi ela que não conseguiu. E Alex. Alex não gosta de ser visto como um típico rapaz americano, que faz churrascos no seu quintal no Dia da Independência. Nem pouco mais ou menos. Ele não gosta de ser visto como um bom homem. E quando isso acontece, ele foge. Não se compromete. Addison está numa situação muito complicada.

E assim, ainda que olhe para trás, ela decide seguir em frente.

“Too often, the thing you want most is the one thing you can’t have. Desire leaves us heartbroken, it wears us out. Desire can wreck your life. But as tough as wanting something can be, the people who suffer the most, are those who don’t know what they want.”

Esperamos que tenham gostado da review.

Até terça-feira, noite de Anatomia de Grey!

Músicas deste episódio:

“Nausea” by Beck
“Better Off” by Let’s Go Sailing
“Again & Again” by The Bird & the Bee
“The Secrets of Amanda Prines” by The Reddmen
“Breath” by Breaking Benjamin
“How Am I Doing?” by Anna Waronker

Escrito por: Mark Wilding

Realizado por: Tom Verica

participação de Elizabeth Reaser. Kali Rocha, Mary-Margaret Humes, Rowena King, Ramon De Ocampo, Stewart Skelton e Mitch Pileggi

No próximo episódio

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: