Bones III – Review – The Knight on the Grid (08/15)

Episódio: The Knight on the Grid (O Cavaleiro na Construção)
Canal: RTP2 e FOX (Portugal); FOX (EUA)
Primeira Exibição em Portugal (RTP2): 11 de Setembro de 2008
Primeira Exibição nos EUA (FOX): 20 de Novembro de 2007

Aquela carta está aleijada. Coitadinha.

O episódio desta semana faz parte de um trio crucial para entender o enredo da temporada. O primeiro episódio, The Widow’s Son in the Windshield; o oitavo episódio, The Knight on the Grid e o último episódio, The Pain in the Heart podem ser considerados uma trilogia: do Gormogon ou do Widow’s Son Case, o Caso do Filho da Viúva.

Estou com dores de barriga.

Já o meu avô dizia: Tens fome? Come um homem.

Gormogon, o nosso assassino em série canibalesco, fez mais uma vítima, um padre. Parece que nem a santa igreja escapa, nem os poderes de Nosso Senhor foram suficientes para salvar o pobre coitado. Com os conhecimentos de Hodgins (T.J. Thyne) sobre sociedades secretas, a equipa descobriu o objectivo do Gormogon. Ele anda a atacar os membros de uma ordem de cavaleiros modernos que supostamente querem ajudar a humanidade, fazer o bem, e etc. Apenas mata pessoas cujo pai tenha morrido cedo, ou seja, filhos de uma viúva, mas os seus alvos não são escolhidos aleatoriamente. Uns tapetes encontrados no cofre que foi transportado para o Jeffersonian mostram que mata figuras: O Músico (a vítima do 1º episódio), O Padre (vítima neste), O Burlão (vítima neste) e por aí adiante. Depois de comida a carne, os ossos vão para o esqueleto onde armazena a colecção.

O jantar está na mesa!

Ooohhh! Que apetite!

No seguimento do episódio, também se descobre que o maldito do canibal não anda sozinho e tinha um mestre. É um velhote mau e feio, já sem dentes. O aprendiz passou a mestre e visto que o seu aprendiz morreu no primeiro episódio, ele anda à procura de outro. Entretanto, quando Brennan (Emily Deschanel) e Booth (David Boreanaz) conhecem a 2ª vítima do senhor (O Burlão), ele faz a coisa mais estranha: arranca os próprios dentes para servirem de “armas” numa explosão. O homem é definitivamente mau da cabecinha. Para além de sádico, também é masoquista.

Eu quero ir nadar!

Eu telefono já à tia Temperance.

A relação entre Temperance e Seeley desenvolve-se neste episódio. Tudo por causa do enredo secundário que mais uma vez anda em volta do pai de Brennan. Gostei de ver Brennan a fazer de tia. Acho que fica engraçada e desperta o lado emocional da personagem. O atrito entre ela e Booth é muito bem pensado (não esquecer que é a razão porque a maioria das pessoas vê a série). Chamo a atenção à excelente prestação de Boreanez. Consegue perceber-se o conflito interno porque passa Booth: se por um lado tem a obrigação de prender Russ, o irmão de Brennan, por outro tem o amor pela parceira.

Vamos ver quem sustém a respiração mais tempo?

Ó palerma! Enganaste-te no fato! Isso não é o de mergulhador…

1, 2, 3 … 21, 22, 23 … afogou-se.

A já referenciada explosão, tentativa de matar Brennan e Booth, fez com que Brennan tivesse que andar com um pensito e umas feridas aqui e ali. Não é por nada, mas achei que isso fez realçar muito a beleza dela. Esteve fantástica neste episódio. Dechanel esteve mesmo encantadora. Não falo no Booth porque acho que isso é tarefa para as senhoras nos comentários.

Bones acorda! Não adormeças já! Temos de ir atrás do Gormogon.

Diz a verdade filho, és tu o Gormogon?

Nota-se o esforço da produção em fazer crer o público que o Gormogon, ou talvez o seu aprendiz, faz parte da equipa. Quer seja a tentar culpar Hoginds com o susto que ele prega a Angela (Michaela Conlin) e a sua tensão com Dr. Sweets (John Francis Daley), que cada vez mais começa a demonstrar a sua faceta irritante, quer seja com pequenas frases de algumas personagens. Isto faz com que o público levante suspeitas em relação a todas, aumentando o clima de mistério.

Eu até faço isto de olhos fechados!

Se quiseres carne eu vou ao supermercado Hodgins,
não precisas de comer ninguém!

E mais uma vez temos uma última cena da qual vale a pena falar, ou melhor, uma montagem final. Simplesmente linda. E digo mais: supera a cena final do episódio da mãe hippie (Soccer Mom in the Mini-Van). Brennan a ler para as sobrinhas, Hodgins a assustar Angela (buu, será?), Zack a trabalhar, Cam a pensar, Sweets não aparece (ou aparece?) e a cena final: o burlão a ser morto. Ficou excelente. Se tivessem a televisão com o volume altinho até sentiam o susto.


Para concluir, este episódio é muito bom, avança o enredo bastante e na direcção certa. Teve excelentes prestações dos dois protagonistas que, juntamente com o enredo, aprofundaram as personagens. Ainda fica aquela sensação de que o episódio não tem um “fim” apropriado, nada que uma boa montagem final e um cliffhanger surpreendente não resolvam.

Anúncios

16 Responses to Bones III – Review – The Knight on the Grid (08/15)

  1. Tita diz:

    aquela ultima cena onde o burlão foi surpreendido… que susto! nao estava à espera!

    boa reviewe mais uma vez as legendas das fotos tão demais!! 😀

    e o booth também esteve encantador… 😉

  2. AnaA diz:

    Desculpe perguntar isto desta maneira, mas não encontro outra neste momento… Sendo este um blogue que tem o cuidado de tentar ser o mais profissional possível nos posts que faz, como autor não acha que deveria fazer o mesmo? Para o blogue que é, parece-me que comentários como Hodgins a assustar Angela (buu, será?) ou a generalidade dos comentários às fotos que se têm verificado ao longo do tempo estão ligeiramente longe do profissionalismo. Percebo que tente ser engraçado, mas acho que estes posts sobre esta temporada de Bones não estão a encaixar muito com o resto do trabalho feito por cá…

    Não escrevo com qualquer intenção de o ofender pessoalmente, apenas que o seu trabalho me parece estar a fugir um pouco do do resto dos seus colegas de equipa.

  3. filomena diz:

    Gostei muito dos episódios aqui mencionados, embora já va mais adiantada (Já sei quem é o novo aprendiz bem como o desfecho do caso do Pai da protagonista). No primeiro caso, muito sorpreendente, dramático, não se está à espera. Já não me recordo é se vi estes episódios no canal da TV Cabo ou na TV francesa 🙂
    Parabéns pela montagem das fotos, muito divertido.

  4. joana diz:

    É um bom episódio. Aquele fim do burlão assustou-me ahah acho que é esse o objectivo.
    Boa review.
    Venha o episódio de Natal! 😛 É já o próximo, certo?

  5. Ricardo Leal diz:

    Correcto Joana, The Santa in the Slush é o próximo episódio. E que episódio…

  6. AnaA:

    As reviews de Bones fogem do padrão das restantes reviews de forma a melhor distanciar a série das mesmas. Não pretendemos que este seja o modelo de todas as nossas reviews, no entanto, é este modelo de reviews de Bones que os espectadores que acompanham a série gostam. Além disso, a nível do conteúdo crítico propriamente dito das reviews, estamos satisfeitos pelo trabalho do Ricardo. As nossas reviews de Bones assumem-se como leves e despretensiosas, nada mais.

  7. Ricardo Leal diz:

    Ana A:

    Outch, essa doeu.

    A minha opinião é que cada membro da equipa têm um trabalho diferente, adaptado a cada um. Mas a verdade é que tirando os “comentários”, acho que as minhas reviews são tão profissionais como qualquer outra. Digo isto partindo do princípio que os “comentários” não são profissionais, apesar de achar que não há nada de não profissional na comédia.

    Para além disso, são um extra, não fazem parte da estrutura da análise, e são um extra muito popular que vai continuar porque a maioria das pessoas que comenta gosta.

    Tenho muita pena, mas não posso agradar a todos. Se não gosta, tente abstrair-te dos “comentários” e leia apenas a review. Verá que lhe vai parecer muito mais profissional!

  8. Laura caçoeiro diz:

    Não sei se concordam comigo, mas para mim, esta temporada tem sido a melhor de Bonnes.
    Gostei bastante deste episódio, teve um clima de terror, suspense e romance com pitadas de humor negro. O que mais pode uma serie dar?
    Nunca mais é o episódio final….

    Fiquei contente por saber que a nova temporada começou com mais audiência do que esta nos E.U.A. Pode ser que agora não a subvalorizem tanto. Como eu acho que acontece.

    A Bonnes é linda de qualquer maneira. Deve ser até a actriz principal mais bonita. Claro que a Kate e Juliet de Lost não ficam muito atrás.

    Booth tem aquele ar de menino traquina que derrete o coração de qualquer mulher! E neste episódio como em todos teve charmoso, como só ele sabe ser.

    Eu gosto dos comentários nas fotos. Cada um tem o seu estilo. Gostei especialmente da primeira foto! 🙂

    A Bonnes é linda de qualquer maneira. Deve ser até a actriz principal mais bonita. Claro que a Kate e Juliet de Lost não ficam muito atras.

    Booth tem aquele ar de menino traquinas que derrete o coração de qualquer mulher! E neste episódio como em todos teve charmoso, como só ele sabe ser.

    Eu gosto dos comentários nas fotos. Cada um tem o seu estilo. Gostei especialmente da primeira foto! 🙂

  9. Ricardo Leal diz:

    O primeiro episódio da Season 4, apesar de ter muitas audiências, não teve grande qualidade. Foi bonzinho, mas estava à espera de melhor.

    Gostaste da carta ferida? 😉

  10. joana diz:

    Emily Deschanel ❤ e David Boreanaz fazem um excelente trabalho. Grande quimica!

  11. AnaA diz:

    Ricardo Leal: percebo a sua explicação e concordo consigo, o geral da crítica é bom… Apenas tenho uns certos problemas com os comentários das fotos e afins, mas se realmente quem segue a série gosta… Bem, continue o seu trabalho. Eu vou-me resignar ao resto da critica 😉

  12. Laura caçoeiro diz:

    Ok. Estava a falar da primeira imagem com legenda.
    Quem não gostou da “Aquela carta está aleijada. Coitadinha? Todos gostámos. Menos a Ana. 😉

    Mas no mundo das series nos E.U.A, os directores dos canais não olham apenas para a qualidade mas sim se têm um produto que irá chamar as audiências.
    Pode ser que o primeiro tenha sido apenas para aquecer e que ainda venha ai os grandes episódios. Até agora as três temporadas têm sido boas.

  13. Falk diz:

    Boas!

    Eu vi o 1º episódio de Bones e gostei muito. O fim do Burlão foi muito fixe 😀

    Boa review!

  14. Ricardo diz:

    Laura, o que dizes é bem verdade. Apesar da Premiere não ter sido grande coisa, o segundo episódio foi lindo.

    Ana, espero que goste do resto da crítica então. 😉 E pode tratar-me por tu… nós aqui somos todos conhecidos!

  15. com certeza falta profisionalidade !!!!
    quem escreve uma coisa assim mostra q nao intendo nem metade do q a serie mostra a pesar de os fatos estarem sempre na nossa frente qm escreveu nao tm intelectuo suficiente pra intenderr!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: