Anatomia de Grey III – Review – Walk on Water

Episódio: Walk On Water (15/25)
Temporada: 3
Canal: RTP 2
Primeira Transmissão em Portugal (RTP 2): 19 de Agosto de 2008
Primeira Transmissão nos E.U.A: 8 de Fevereiro de 2007

Como todos os que assistem Anatomia de Grey sabem, em todas as temporadas existem uns episódios, lá para o meio de cada, especiais. São chamados “o grande evento” da temporada. Na segunda, o grande evento foi o caso da bomba, nos episódios “It’s The End Of The World” e “As We Know It”, dando-nos duas das melhores horas de sempre (minha modesta opinião) na televisão. Este ano temos uma trilogia. E este é o primeiro de três episódios. Será o grande evento desta temporada pelo menos tão bom como o da temporada passada?

“Desaparecimentos acontecem na ciência. Doenças podem rapidamente deixar de existir. Tumores desaparecem. Nós abrimos uma pessoa para depois descobrir que o cancro desapareceu. É inexplicável, é raro, mas acontece. Chamamos a isso um erro no diagnóstico; é como se nunca o tivéssemos visto em primeiro lugar. Qualquer explicação a não ser a verdade. Que a vida é cheia de desaparecimentos. Se alguma coisa que não sabíamos que tínhamos desaparecesse, sentiríamos falta?”

Começa assim o episódio com Meredith (Ellen Pompeo) sentada na sua banheira a tomar um bom banho de imersão. Pelo menos assim o parece. Mas enquanto decorre o voice-over inicial, Mer decide “afogar-se” no seu banho. Mas lá o Derek (Patrick Dempsey) aparece no momento certo (que coincidência…) para a tirar da água. O que é que estará a acontecer com Mer? Derek pensa que estará relacionado com a sua mãe, já que Elis (participação de Kate Burton), quando estava lúcida, disse umas quantas coisas à sua filha pouco agradáveis. E ainda por cima, irá ser operada. Cá para mim, Derek tem razão. Veremos no fim do episódio o que isto realmente significa…

Como também já devem saber, Cristina (Sandra Oh) e Burke (Isaiah Washington) estão noivos. Yang pede a Burke para não contar a ninguém a cerca do noivado. Calma, pelo menos até contar à Meredith. A Yang fez com cada cara a Mer para ver se esta “descobria” o que ela queria dizer. Como estava sempre hesitante ao contar as boas novas a Meredith, não conseguiu contar nada (oportunidades não faltaram), já que Mer, Izzie  (Katherine Heigl), Alex (Justin Chambers) e George (T.R. Knight) foram mandados para o local do acidente (Yang fica de fora). Entretanto Burke não consegue evitar e conta ao Derek. Mark (Eric Dane) ouve e conta ao Richard (James Pickens Jr.). Os segredos neste hospital não parecem durar muito. Às vezes…

Uma outra cena que serviu para dar um tom mais leve a este episódio foi o facto de Richard ter pintado o cabelo (!). Já sabem que muitas das cenas para rir acontecem no elevador. Acontece uma situação cómica, bastante engraçada no elevador onde Derek, Burke e Mark gozam com ele. Hilariante. Mas lá a Addison (Kate Walsh) o defende por fim. Ao que parece Richard pintou o seu cabelo “para as senhoras” (já que está a divorciar-se de Adele). Mais uma vez… hilariante. Mark até dá dicas… diz que precisa de madeixas!

Citação da semana: “Holly Mother of…” by Izzie Stevens

Neste episódio, os nossos internos favoritos são testados. Primeiro pela triagem, em que tentam descobrir o que um paciente (falso) tem. Bem, o teste veio mesmo em altura certa. Este “teste” é apenas uma preparação para o que aí vem. O chefe Webber avisa os internos que houve um grande acidente em Seattle. E daí, chegam ao local. Estamos perante o caos. Um ferryboat sofreu um acidente. Até agora, um episódio nada mau. E digam lá que este episódio não tem estilo…

Meredith tem uma criança entre mãos. Essa criança está perdida e por isso fica com Mer, enquanto esta fica a tratar dos traumas. Entretanto Derek questiona Meredith, mais uma vez, sobre o que se passou de manhã.

George trata uma mãe ferida que não encontra o seu filho. George tentará encontrar o rapaz no próximo episódio. O’Malley e Callie (Sara Ramirez) também têm alguns problemas no seu relacionamento, já que parece que George desrespeita-a perante os seus colegas.

Izzie tem, pelo menos para mim, um dos melhores casos deste episódio. Stevens trata de um homem que se encontra debaixo de um carro devido ao acidente. Sem nenhum paramédico a ajudá-la, ela faz de tudo o que pode para o ajudar. Claro que isto continuará no próximo episódio (o caso ainda fica mais interessante. Ela é a “rockstar” desse próximo episódio e mais não digo).

Por fim, temos Alex que encontra uma desconhecida grávida (participação de Elizabeth Reaser), que todos nós todos já sabemos quem é, com a cara debaixo de um grande pilar que é levada para o hospital. Depois, Alex também fica encargo de informar os familiares das pessoas que sofreram o acidente.

No fim do episódio, aquilo que muitos temiam aconteceu… Meredith caiu ao mar (desta vez não por vontade própria, mas sim devido ao paciente que a empurrou enquanto estava a ser tratado). Aquela cena inicial da banheira significou isto. Ela “desapareceu”. Shonda Rhimes parece ter seguído o que fez com os episódios “especiais” da segunda temporada em que a primeira cena significa algo mais do que parece. Ela e os seus simbolismos! Para quem viu, sabe do que estou a falar.

É verdade que houve algumas cenas apenas para ocupar espaço, mas com estes acontecimentos todos, não se pode negar que tivemos um grande episódio! Foi um óptimo episódio para a minha estreia. E sim, nós sabemos que aquele final não agradou muita gente… e muitos de vocês dizem: “Ah e tal, a escritora não vai ter coragem para matá-la” e nisso concordo com vocês. E isso pode ou não influenciar a qualidade dos próximos episódios. Mas a vida de Mer também ficou em perigo em “It’s The End Of The World” e nós não reclamámos. Talvez não tenha tido a qualidade desse mesmo episódio, mas não deixou de dar impacto. Impacto. Agora veremos como os próximos episódios decorrerão…

Até Terça-Feira, noite de Anatomia de Grey!

Nota do Editor:

É com prazer que acolhemos Paulo Rodrigues na nossa equipa, com a sua primeira review de Anatomia de Grey no Hotvnews. Espero que recebam o Paulo com a mesma hospitalidade que têm demonstrado aos novos colaboradores do Hotvnews e que continuem a fazer do Htv o vosso blog de eleição.

Carlos Couceiro

Músicas deste episódio:

“A Bitter Song” – Butterfly Boucher
“Make This Go On Forever” – Snow Patrol
“Liar” – 8mm
“The Hop by Radio Citizen” – Bajka
“Opposite Direction” – Union of Knives

escrito por: Shonda Rhimes

realizado por: Rob Corn

ainda com Chandra Wilson

participação de: Elizabeth Reaser, Kali Rocha, Dean Norris, Kelly Wolf e Kate Burton

Texto de Paulo Rodrigues e Carlos Couceiro

Editado por Carlos Couceiro

Imagens: ABC

Anúncios

13 Responses to Anatomia de Grey III – Review – Walk on Water

  1. Pipocas e Outras Tretas diz:

    Bem-vindo!

    Em relação ao episódio… aliás, este trio de episódios. Muitos consideram-nos os piores da série, especialmente devido ao rumo que os próximos dois adoptam. Eu gostei, foi assim uma calamidade que mexeu com as personagens todas. Gostei da Izzie, principalmente, e concordo contigo relativamente a ela ter tido o melhor caso. Quanto à Meredith em limbo… eu percebi a mensagem da Shonda, mas por favor. O terceiro episódio é dos piores, a meu ver, apesar da boa qualidade do walk on water e drowing on dry land. Esta “brilhante” ideia dela só fez com que a série ficasse mais infame… esperava mais, sinceramente, acho que não é preciso a Meredith estar “morta” para enfrentar os problemas delas. Uma melhor abordagem à personagem foi feita na 4a temporada, sinceramente…!

  2. vitoscano diz:

    Por isso é que esta temporada é considerada a pior até agora, mas este nem é assim tão mau. Boa sorte ai para o novo escritor aqui do blogue.

  3. vitoscano diz:

    Parabens á rtp2 por não ter optado por começar a repetir episódios, uma vez que estamos em Agosto.

  4. Paulo Rodrigues diz:

    Olá!
    Obrigado pelos vossos comentários e pela vossa recepção.

    @ Pipocas e Outras Tretas
    É verdade que muitos consideram esta “trilogia”, como eu gosto de chamar, os piores episódios da série, mas pelo menos este não é mau. Eu gostei bastante. Os outros dois é que já não tanto, devido mesmo à “Meredith em limbo”. E a abordagem que fizeram aos problemas de Mer na segunda parte da 4ª temporada foi das melhores coisas que fizeram.

    @ vitoscano
    Sem dúvida, esta é a pior temporada até agora, mas isso também não quer dizer que seja má, é apenas “razoável”. Já que também tem uns grandes episódios… como “From A Whisperer To a Scream” ou “Wishin And Hopin”, por exemplo.

  5. Pipocas e Tretas diz:

    Sim! Eu gostei bastante da 3a… não a acho má! Foi muito cinzenta… e dramática. Mas claro, muitos erros foram cometidos…! O “From A Whisper To a Scream” até me deixou cansado com aquele drama todo… dos meus favoritos.

    Pode-se falar aqui da 4a temporada? O que achaste dela?

  6. Paulo Rodrigues diz:

    Hmmm… sobre a quarta temporada?

    Gostei bastante! Não está ao nível da 1ª e principalmente da 2ª temporada, mas está lá a chegar. Claro que também cometeram alguns erros, mas depois redimiram-se. Da primeira parte adorei os episódios “Crash Into Me”. A segunda parte é, como muitos dizem, melhor. Acho que teve uma outra “sensação”. Bem, pelo menos é mais leve e divertida, como nós gostamos. Destaque para “Piece Of My Heart” e “Freedom”, mas depois comento-os mais detalhadamente.. 😉

  7. Pipocas e Outras Tretas diz:

    Sim, o “Crash Into Me” foi dos melhores, a meu ver… principalmente a 2ª parte! Também gostei do regresso da Addison… pena que não ficou por lá mais tempo.

  8. Paulo Rodrigues diz:

    Pois, a Addison podia ter ficado de vez em Seattle. Talvez para a próxima.

    Agora é que reparei no meu erro. É “Whisper” e não “Whisperer” LOL.

  9. Cláudio Carneiro diz:

    Antes de mais nada, parabéns ao Paulo Rodrigues pelo óptimo review. Desejo boa sorte!
    Já agora, sabem dizer quando a FoxLife apresenta os 6 episódios restantes da 4ª temporada de Anatomia de Grey?

  10. […] (Katherine Heigl). A “rockstar” do episódio! Ela sim, brilhou! E de que maneira. Como tinha dito na review anterior, Izzie tem que ajudar um homem que está preso debaixo de um carro. Com a ajuda de Richard (James […]

  11. Paulo Rodrigues diz:

    Olá Cláudio, muito obrigado pelo elogio!

    Pelo que o Carlos Couceiro me disse, a segunda parte da 4ª temporada estreia em Setembro.

  12. Pipocas e Outras Tretas diz:

    Pois, Cláudio, é uma incógnita (tanto quanto sei). Donas de Casa Desesperadas, Betty Feia, etc… já passaram os eps pós-greve. Anatomia, nem vê-los. Estou a ver que, por vezes, recorrer a outros meios pode compensar…! Daqui a um mês estreia a quinta, nos eua, e assim nem terei visto a 4a… felizmente há a internet. E eu que nem sou apologista, prefiro ver na tv… mas pronto!

  13. Andam um pouco desatentos ao Hotvnews… Já aqui divulgamos em “primeira-mão” as datas de estreias das séries no grupo FOX. E também lá está: Anatomia de Grey T4 parte 2 – estreia 11 setembro (5a feira) as 21h.

    https://hotvnews.wordpress.com/2008/08/19/primeira-mao-estreias-fic-em-setembro-22/

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: