Review – Chuck – Chuck Versus The Helicopter (02/13)

  • Episódio: Chuck Versus The Helicopter
  • Temporada: 1
  • Canal: RTP2
  • Primeira Transissão em Portugal: 07 de Maio de 2008
  • Primeira Transmissão nos EUA: 01 de Outubro de 2007

Stay in the car!

Vamos antes rever os básicos da história (e do que se passou no episódio piloto) com este pequeno vídeo (desculpem a ligeira falta de sincronia do som, mas foi o melhor que se arranjou):

Vodpod videos no longer available.

Ora neste episódio começamos a descobrir que ter segredos americanos no nosso cérebro não é pêra doce. Principalmente quando temos duas pessoas que deviam garantir a nossa segurança a lutarem uma contra a outra.

Foi o que se passou no novo capítulo de “Chuck”. Neste episódio, o nosso informático foi alvo de uma avaliação por parte de um cientista da NSA, chamado Zarnow (participação de John Fleck, Carnivale). Mal o visionamento de imagens acaba e o tal “doutor” se vai embora, o telemóvel dele começa a tocar e o carro onde ele segue explode. E o melhor de tudo é que o corpo desaparece misteriosamente… Entretanto, Sarah (Yvonne Strahovski) apanha os restos do telemóvel, que se vem a saber que é uma bomba da NSA especialmente feita para eliminar todas as provas biológicas. Esperem, não é Casey (Adam Baldwin) que trabalha para a NSA?

(sexy!)

E começa a rebaldaria. O agente da NSA (Casey) diz a Chuck (Zachary Levi) para não confiar em Sarah, Sarah diz a Chuck para não confiar em Casey e passamos quase todo o episódio nisto. Lutas em fardas de trabalho (incluíndo o uniforme SEXY do novo emprego de Sarah num restaurante fast-food especializado em cachorros, o Wienerlicious), explosões e um espectacular jantar em família – uma cena muitísimo bem montada, com Morgan (Joshua Gomez), Sarah e Casey incluídos – que acaba com um soufflé queimado e com a agente da CIA raptada… Pelo Dr. Zarnow. E o jantar em família é a CENA DO EPISÓDIO!

Apesar das indicações de Casey para “ficar no carro” (carro que, já agora, sofreu uma transformação. O problema é que aquele Yaris é um carro da empresa, e não sei se isso trará problemas um dia destes… 😛 ), Chuck sai (uma constante na série) e, qual príncipe de uma história de encantar, vai salvar Sarah. Entretanto Zarnow chega, apercebe-se de que alguém está lá e Chuck descobre que o doutor dá todas as informações de que dispõe ao governo norte-coreano. O empregado da Manada de Totós (ou Nerd Herd, como lhe preferirem chamar) é alvejado com um dardo tranquilizante e colocado num helicóptero (daí o nome do episódio), com Zarnow a comandar as operações.

O melhor é que o dardo apenas perfurou o cartão de funcionário de Chuck, e não o atingiu. O desmaio foi apenas de pânico 😆 . Ele lá consegue atingir o piloto do helicóptero, bem como Zarnow, e lá aterra a aeronave em segurança (e com muito medo à mistura). Clichés atrás de clichés, mas que mesmo assim, e vistos várias e várias vezes (no meu caso já conto 4 vezes), continuam a ter piada.

Existem duas histórias paralelas para além da principal. Na narrativa a que dão mais notoriedade, a luta pelo lugar de gerente assistente na Buy More começa, e Chuck ensina Casey a funcionar com a pistola de preços e, mais importante que tudo, a funcionar com as pessoas. No primeiro ponto a capacidade é mais que evidente, já no segundo… Ficamos a aguardar resultados.

A outra história envolve a vida pessoal de Chuck e Sarah. Bryce (participação de Matthew Bomer, “Traveler”), que para o Mundo era apenas mais um contabilista entre tantos (e que para nós era um agente corrupto da CIA), foi a enterrar, e ao funeral não podiam faltar o ex-melhor amigo e a ex-namorada. Sim, Sarah, tal como foi quase evidente no final do episódio passado (quando ela via umas fotos no telemóvel) tinha uma relação com Bryce, entretanto terminada quando ela soube o que fazia com as informações secretas. Ao serviço fúnebre também compareceu Casey, que estava a confirmar as informações enviadas para Washington acerca do caso “Chuck”. Ele é informado de que o novo computador já está a ser construído e que, daí a 6 meses, quando o PC estiver pronto, Casey terá de fazer “aquilo que faz de melhor”

O episódio segue a mesma linha do piloto. Stunts bem conseguidos, comédia, acção, tiros, família, loja, funcionários porreiros da loja, funcionários idiotas da loja. E este segundo episódio, com a história de Zarnow pelo meio, diz logo que Chuck terá de enfrentar mais perigos, mais missões, mais flashes, etc. E nós cá estamos para ver! 😀

Curiosidades:

  • Este episódio contém uma pequena cena para os fãs de Lost: Quando Chuck está a ser avaliado na sala de Home Cinema da Buy More, ele diz “O voo 815 da Oceanic foi abatido a tiro…” Será que foi mesmo? É uma hipótese a considerar… (ATENÇÃO: Este post foi escrito por uma pessoa que nunca percebeu Lost nem gosta assim tanto da série. Qualquer razão que já tenha sido declarada oficial por parte de JJ Abrams ou por outro qualquer elemento da produção de Lost para a queda do avião é do meu total desconhecimento.)
  • O nome verdadeiro do Capitão Fantástico é Devon.
  • Tal como em “Friends” (cujos títulos dos episódios começavam por “The One With“) e “Anatomia de Grey” (em que os títulos são também de canções célebres, como por exemplo “It’s The End Of The World As We Know It”, dos R.E.M.), também “Chuck” tem a partir daqui um título que irá marcar a série. “Chuck versus…” alguma coisa.

Música:

  • Iggy Pop – Lust for Life
  • Spoon – Don’t Make Me a Target
  • Gnarls Barkley – Gone Daddy Gone (Cover de um original dos Violent Femmes)
  • The New Pornographers – Challengers

Para a semana: Chuck apercebe-se de que viver duas vidas separadas não vai ser nada fácil. Após ser desafiado pelo seu chefe na Buy More, Chuck necessita da ajuda do seu melhor amigo Morgan e da “Nerd Herd”, para provar que é capaz de assumir o cargo de gerente.
Enquanto isso, Sarah e John forçam Chuck a ir disfarçado para a sua primeira missão como espião…
(Sinopse RTP, erros ortográficos corrigidos)

Por isto, não percam o emocionante “Chuck Versus The Tango” na próxima Quarta-Feira, às 22h40, na RTP2, com review logo a seguir ao episódio!

Reviews anteriores:

Chuck – Pilot (01/13)

Imagens: (C) NBC

Anúncios

3 Responses to Review – Chuck – Chuck Versus The Helicopter (02/13)

  1. vitoscano diz:

    Boa review, adorei, a cena do jantar é a melhor do episódio.

  2. Riky_On_The_Road diz:

    Esta serie até é boa, tem piada, tem acção, tem miudas giras mas mesmo assim preferia ver outra vez Dexter…2ª temporada.

  3. […] 22:26- Chuck (1ª Temporada; Episódio 2; com review de Manuel Reis) […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: