Adobe Media Player dá-nos séries de graça!

Depois da Comedy Central ter apostado no streaming gratuito dos episódios de “South Park”, a Adobe (detentora do software Flash e do programa de edição de imagem PhotoShop, entre outros) criou um novo software que nos faz alguns favores…

O conceito nos EUA já não é novo, e em Portugal está-se a impor. Mas isto apenas acontece com as séries portuguesas, cujos episódios integrais já podem ser vistos um pouco por todo o lado. A mítica “Paraíso Filmes”, série de duas temporadas com José Pedro Gomes e António Feio, tem alguns episódios disponíveis na PFtv.

Mas o nosso grande problema são as produções estrangeiras. Sites como o Hulu.com são publicitados cá em Portugal, mas os media portugueses não entendem que os sites não permitem que utilizadores de outros países que não os EUA possam ver séries como “O Escritório”, “Os Simpsons” ou “24”, apesar de a maior parte dos episódios de uma boa parte das séries já terem sido transmitidos em Portugal.

E eis que chegamos ao grande destaque deste post: O Adobe Media Player oferece-nos, por agora, alguns episódios das novas temporadas de umas poucas de séries da CBS e alguns clássicos. Só para terem uma ideia do que eu encontrei até agora:

  • CSI (Las Vegas, Miami e NY) – Nova temporada
  • Jericó – 2ª e última temporada – 1º episódio
  • Melrose Place – 1ª temporada (1992-93)
  • Macgyver – TODOS os episódios (1985-92)
  • Star Trek (A original, com Leonard Nimroy e William Shatner) – TODOS os episódios (1966-69)
  • Hawaii Five-O – Episódios das primeiras duas temporadas (1968-70)
  • A Quinta Dimensão – Temporadas 1 a 3 da série original, a preto e branco (1959-62)

Também se podem ver por lá uns episódios de “MTV Cribs”, o programa do canal de música que vai a casa dos famosos. Brevemente estarão também programas da Comedy Central (incluindo o “Daily Show” de Jon Stewart e “The Colbert Report”, de Stephen Colbert, inédito em Portugal) e do canal infantil Nicklodeon.

A verdade é esta: TODOS os canais no Adobe Media Player estão disponíveis para serem vistos em Portugal, com excelente qualidade de imagem (arrisco-me mesmo a dizer “qualidade DVD”), gratuita e legalmente. Só para terem uma ideia, aqui vai um screenshot (quase) acabadinho de sair do meu PC (cliquem para ver com mais detalhe):

E agora a grande pergunta: Onde poderão fazer o download deste software (algo) revolucionário? Pois bem, onde se referiram as palavras Adobe Media Player encontram-se links para o site do reprodutor de vídeo.

Apenas gostaria de vos lembrar de um aspecto: Não nos responsabilizamos por quaisquer SPOILERS nas séries mais recentes, por isso estão por vossa conta nos conteúdos que vêem. Por isso tenham cuidado com os CSIs e Jericó (cuja primeira temporada pode ser vista actualmente no AXN, segundas-feiras, às 21h30, e na SIC, se o Dia de S. Nunca à Tarde estiver incluído no vosso calendário).

5 respostas a Adobe Media Player dá-nos séries de graça!

  1. vitoscano diz:

    Muito bom, vi um CSI NY estava excelente, embora tenha por lá muita coisa que pessoalmente não me interessa como uma enorme série de podcast da Actriz/Cantora Hillary Duff.

  2. gonca26 diz:

    Dá para pôr legendas em português????????????
    Se der vou já sacar!!

  3. zeon diz:

    “…se o Dia de S. Nunca à Tarde estiver incluído no vosso calendário”

    Gostei desta!!😀

  4. j diz:

    Quanto ao Hulu, duas palavras: Hotspot Shield.

    Cumprimentos.

  5. […] última vez que falei no Hulu.com (um site resultante da parceria entre a News Corp., dona da FOX, e a NBC), penso que […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: