FlyBoys- Nascidos para voar, por Micaela Vieira


género: Drama, Guerra
título: Nascidos para Voar (FlyBoys no original) 2006
de:
Tony Bill
escrito por: Phil Sears, Blake Evans
com: James Franco, Martin Henderson, Jean Reno, Jennifer Decker, David Ellison, Tyler Labine
Flyboys narra uma história baseada em factos verídicos que aconteceu durante a Primeira Guerra Mundial. No início de 1916 cerca de 9 milhões de pessoas morreram devido à guerra entre a Tríplice Entente e a Tríplice Aliança. Apesar dos Estados Unidos da América ainda não estarem a participar na guerra, houve alguns jovens americanos que estavam em desacordo com a demora da entrada do seu país na Grande Guerra, voluntariaram-se para combater contra a Tríplice Aliança, em França.

Os aviões tinham sido recentemente inventados e foram imediatamente adaptados para a guerra. Os primeiros aviadores tornaram-se os primeiros pilotos “guerreiros”a existir na história e ficaram a ser visto com um novo tipo de heróis. No início do filme conhecemos Blaine Rawlings (James Franco), um jovem americano a quem o banco hipotecou o rancho da sua família e é aconselhado a sair do país para que não seja preso. Através de um filme que estava a ser mostrado num Cine-jornal, Rawlings fica a conhecer os campos de aprendizagem de voo e fica interessado.

William Jensen (Philip Winchester), de Nebraska, deixa os pais e a namorada prometendo o seu retorno para breve e com medalhas. Em Marseille, França, um pugilista afro-americano Eugene Skinner (Abdul Salis) alista-se na Esquadrilha Lafayette à procura de justiça e de puder ajudar França.

De Nova Iorque Briggs Lowry (Tyler Labine) é obrigado a alistar-se pelo seu pai que o vê com falta de orientação para a vida.
Depois de feitas as apresentações dos novos voluntários à Esquadrilha Lafayette, estes reúnem-se no aeródromo desta em Verdun, França. Thenault (Jean Reno) é o capitão francês que os vai treinar intensamente durante dois meses com a ajuda do L.T. Giroux (Augustin Legrand). Reed Cassidy (Martin Henderson) é um piloto de guerra veterano que vive solitariamente com o seu leão, Whiskey, que é a mascote desta esquadrilha, e com a ideia de muitos amigos seus que morreram em plena guerra.

Durante os rigorosos treinos podemos ver os seus melhoramentos de voo, as tácticas de guerra, as formas de ataque e a prática do uso de armas.

Este filme é acompanhado por uma história de amor entre Rawlings e uma jovem francesa Lucienne (Jennifer Decker) que não fala inglês nem ele francês. Uma relação à base de gestos e de olhares apaixonantes que não são tão bem demonstrados por parte da actriz. James Franco (Spider-Man 1,2,3; Tristan + Isolde) é um dos melhores actores neste filme que à medida do passar do tempo melhora consideravelmente.

Flyboys é um filme que pode ser de certa forma comparado ao Pearl Harbor (2001), onde os aviões são os grandes protagonistas, apesar deste último ter tido como cenário a Segunda Guerra Mundial onde os aviões de guerra já estavam mais desenvolvido e preparados para o combate. As cenas aéreas são notoriamente feitas por computador e as expulsões nesta altitude são muitas vezes pobres a nível de efeitos especiais. Além das cenas reconstruídas do período aterrador da Grande Guerra, podemos apreciar paisagens verdes e cosmopolitas onde o departamento artístico esteve bem ao longo de 139 minutos. A Fotografia de Henry Braham (Nanny McPhee) é a mais indicada para este género de filme, não muito clara mas também não muito escura.

Temas como o racismo, amizade, honra, coragem, tolerância, companheirismo, união, amor e, claro, guerra estão presentes ao longo do filme que foi dirigida por Tony Bill (Last Call, Monk) e produzida por Dean Devlin (Independence Day, The Patriot). Apesar dos diversos clichés, de maus efeitos especiais e duma prestação normal de Jean Reno, podemos assistir a Flyboys como um bom filme de entretenimento e como uma forma de entender e valorizar os jovens americanos que aventuraram as suas vidas na guerra através de novos aviões.


A esquadrilha Lafayette realmente existiu e podemos ver no final do filme os verdadeiros heróis desta história.

 

 

Advertisements

14 respostas a FlyBoys- Nascidos para voar, por Micaela Vieira

  1. […] Juntos vão constituir a equipa “Lafayette“. James Franco protagoniza. Com crítica no Hotvnews, por Micaela Vieira. Às 22.00, no Lusomundo […]

  2. Anónimo diz:

    o filme é muito giro, gosto muito…

  3. Anónimo diz:

    muuuuuiito boom o filme!

  4. Agora todos sabem como a a merica ganhou suas asas.
    sava.

  5. Brigida Magri diz:

    é um filme bom pra quem gosta de ação e realidade e romance
    Eu não gostei do final no filme pois ele não fica com Luciene

  6. Paulo Roberto Arruda Rossi diz:

    O filme foi muito bem feito; já seria válido por se basear em fatos reais, mas os atores também são bons; o filme tem cenas que prendem a atenção. Recomendável em todos os sentidos.

  7. mariana barbosa lima diz:

    muito bom essse filme pena q a historia de amor nao aconteceu

  8. luciana eugenio ricardo diz:

    adorei esse filme pena q a historia de amor nao aconteceu eles mereciam fikar juntoosss

  9. Sou piloto de glider e adoro voar gosto muito de filmes de avioes este filme e incrivel parabens a todos um abraço .cleberparapente@hotmail.com

  10. Eu gostei muito desse filme!!! E recomendo a todas as pessoas pois é um filme excelente.

  11. Anónimo diz:

    muito bom o filme

  12. anonima diz:

    Rawling é texano ‘-‘

  13. Silvio diz:

    Silvio , filmes que que são baseado em fatos reais ficam mais interessantes , pois são coisas que aconteceram , não ficção , eu adoro , é historia .

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: